Facebook Como recuperar o olfato: esta técnica inglesa pode ser feita em casa

Como recuperar o olfato: técnica inglesa pode ser feita em casa

Como recuperar o olfato: técnica inglesa pode ser feita em casa

5 agosto, 2021 Saúde

A perda da capacidade de sentir cheiros é uma condição conhecida pela medicina como anosmia, e as técnicas de como recuperar o olfato ganharam destaque na mídia após a pandemia da Covid-19. 

A razão é que, como mostram estudos clínicos, até 80% dos pacientes acometidos pela doença podem ter esse sintoma.

De forma geral, no caso da Covid-19, a maioria das pessoas sofrem essa perda de forma temporária, mas há aqueles em que a situação permanece mesmo após se recuperarem da enfermidade. 

Há, ainda, outros casos, onde a anosmia ocorre por fundo emocional ou relacionada a outras doenças.

Contudo, existem formas de reverter esse quadro e voltar a sentir cheiros, e uma delas é o treinamento olfativo. 

Abaixo, você pode conferir como recuperar o olfato através do uso de óleos essenciais e exercícios simples, que você pode fazer em casa, desenvolvidos pela AbScent, uma respeitada instituição inglesa.

A Covid-19 e a perda do olfato

De acordo com especialistas, a perda do olfato está diretamente vinculada a três causas, que podem ocorrer simultaneamente. São elas:

  • Condutiva: acontece em casos como gripe e rinite alérgica, quando o canal do nariz fica entupido.
  • Neurossensorial: ocorre quando há comprometimento de células ou nervos responsáveis pelo sentido do cheiro.
  • Central: quando o cérebro tem dificuldade de processar as informações captadas sobre odores.

No caso da Covid-19, especula-se que as células nasais transmissoras de odores são afetadas, de forma similar ao que acontece em casos de doenças degenerativas, como Parkinson e Alzheimer.

mulher laranja perda do olfato covid como recuperar treinamento olfativo portal do aroma

Dados do Journal of Internal Medicine mostraram que a duração média dos sintomas de anosmia causados pela Covid-19 é de 21,6 dias. Contudo, há casos conhecidos de pessoas em que o olfato não retornou, mesmo após muitos meses.

Pessoas afetadas também relatam impactos emocionais por não sentirem mais cheiros, já que o sentido está intimamente ligado ao sistema emocional. 

Nesses casos, muitas têm procurado saber como recuperar o olfato, e o treinamento olfativo é um dos tratamentos mais recomendados por especialistas.

Como recuperar o olfato

Para os especialistas da área, a técnica de como recuperar o olfato pelo treinamento olfativo é uma forma de reabilitação eficaz. Ela consiste, basicamente, em inalar diferentes odores, no mínimo duas vezes por dia, e se concentrar nas percepções que eles trazem. 

Essa técnica faz uso dos óleos essenciais, que são compostos naturais também utilizados na aromaterapia para o tratamento de problemas físicos e psicológicos. Assim, ela é completamente natural e dispensa o uso de remédios. 

Não se sabe, exatamente, quando a técnica de como recuperar olfato pelo treinamento olfativo foi criada. Contudo, há estudos que indicam seu uso clínico há mais de uma década. 

Ou seja, diversos profissionais têm aplicado e desenvolvido o treinamento, com resultados satisfatórios. 

A importância do treinamento olfativo ganhou ainda mais evidência após estudos mostrarem que, no caso da Covid-19, o dobro de pessoas que o praticaram se recuperaram de forma mais completa e rápida da anosmia.

A técnica de como recuperar o olfato aqui ensinada, em específico, foi desenvolvida pela AbScent. Ela envolve a montagem de um kit de óleos essenciais e uma série de exercícios diários.

A organização possui sede na Inglaterra e no País de Gales e é especializada na área, com reconhecimento internacional. 

Confira, abaixo, um passo a passo para montar seu kit de óleos essenciais e como são os exercícios de treinamento olfativo, que você pode fazer em casa, para voltar a sentir cheiros.

Monte seu kit de treinamento olfativo

Como explicamos acima, esta receita de kit para treinamento olfativo faz parte das técnicas de como recuperar o olfato desenvolvidas pela AbScent. 

Os exercícios incluem os passos de avaliar, treinar e tomar nota das sensações de cheiro ao longo da reabilitação, como você verá abaixo. 

Contudo, em primeiro lugar, é preciso montar o kit. Para isso, você vai precisar de:

  • Quatro frascos de 30ml de vidro escuro, geralmente em tom amarronzado, que protegem os compostos da luz. Eles devem ter tampas.
  • Papel artístico para pintura do tipo aquarela
  • Tesoura
  • Etiquetas adesivas
  • Óleos essenciais de rosa, limão, cravo e eucalipto (você pode encontrá-los aqui no Portal do Aroma)

Os óleos essenciais não devem ser inalados diretamente de seus potes. Por isso, a montagem do kit de como recuperar o olfato envolve pingá-los no papel de aquarela. Assim, eles estimulam as células receptoras do nariz da melhor forma.

Para isso, corte quatro pedaços do papel, em formato de círculo, de forma que caibam dentro dos frascos de vidro. Coloque cada pedaço em um pote.

vidros como recuperar o olfato oleos essenciais portal do aroma

Na sequência, escreva o nome de cada óleo essencial em uma etiqueta adesiva, e cole-as nos frascos. Também é recomendado que as tampas sejam etiquetadas, para evitar que sejam trocadas entre os potes, pois elas retêm a essência e podem contaminar os óleos.

Então, pingue algumas gotas de cada óleo essencial em seu respectivo pote, seguindo a identificação das etiquetas.

Enquanto isso, mantenha os potes originais dos óleos essenciais armazenados na geladeira. Dessa forma, eles ficarão frescos por mais tempo e terão suas essências conservadas. 

Já os potes montados para o kit devem ser mantidos em um lugar de fácil acesso, como ao lado da cama, para que os exercícios possam ser realizados facilmente.

Como fazer o treinamento para recuperar o olfato

Com o kit de óleos essenciais em mãos, é possível começar os exercícios de como recuperar o olfato. Eles devem ser feitos duas vezes por dia, em um lugar calmo, onde seja possível se concentrar. 

Há três pilares como base para os exercícios de treinamento olfativo:

  1. Autoavaliação do estado atual do olfato: utilizando um formulário, faça anotações dos óleos essenciais que têm cheiro para você, e dos que não têm. Isso servirá de referência sobre como a reabilitação irá se desenvolvendo com o tempo.
  2. Treinamento diário do olfato, com o objetivo de ir apurando a percepção de cheiros.
  3. Anotações constantes sobre a evolução do processo.

Para que esses pilares de como recuperar o olfato sejam colocados em prática, foram desenvolvidos exercícios diários simples. Confira o passo a passo:

  1. Para começar, você deve abrir qualquer um dos frascos que montou e segurá-lo próximo ao nariz.
  2. Faça inalações curtas do cheiro, pelo período de 20 a 30 segundos. Nesse momento, se concentre nas sensações que o aroma evoca, e “procure” por ele, se esforçando para senti-lo, mas sem fazer julgamentos sobre o que sente ou deixa de sentir.
  3. Feche o primeiro frasco e respire normalmente por um intervalo de 30 segundos.
  4. Na sequência, abra o segundo frasco e repita o processo, até ter passado pelos quatro óleos essenciais.
  5. Registre notas de 0 a 5 sobre a força do odor de cada um. Fique à vontade para anotar todos os pensamentos que tiver sobre cada cheiro.

Uma dica é visualizar as percepções que você possui da fragrância enquanto a cheira. Por exemplo: ao treinar o cheiro do limão, pense no limão. Como deveria ser seu odor e qual a forma que você o está percebendo. 

mulher vidro como recuperar o olfato covid sentir cheiros treinamento portal do aroma

Tente explorar o cheiro de todas as formas possíveis e seja persistente, já que o ideal é um período mínimo de quatro meses de treinamento.

A AbScent disponibilizou um PDF com uma tabela que pode ser útil para o registro das sensações, lembrando que essa etapa é importante, pois permite acompanhar o processo e o andamento da reabilitação.

Contra-indicações para a técnica de como recuperar o olfato

Ainda que a técnica de como recuperar o olfato seja simples e feita com substâncias naturais, é importante considerar suas contra indicações. 

Pessoas com problemas respiratórios crônicos, como asma e bronquite, ou alergias, devem procurar um médico antes de iniciar o treinamento.

Afinal, os óleos essenciais são compostos concentrados e potentes, e é possível que algumas pessoas não possam utilizá-los.

Outro ponto de atenção para se considerar é que o contato direto com a pele deve ser evitado, já que eles também podem causar irritações.

Os melhores óleos essenciais você encontra no Portal do Aroma

Agora que você já sabe tudo sobre como recuperar o olfato através do treinamento olfativo, você precisa conhecer os óleos essenciais do Portal do Aroma.

Trabalhamos com excelência e qualidade para levar até você os mais diversos produtos relacionados à aromaterapia e óleos essenciais, de marcas reconhecidas.
Para mais conteúdos sobre a importância e benefícios dessas substâncias naturais, continue em nosso blog. Confira, também, a loja do Portal do Aroma, com as melhores marcas e produtos totalmente naturais!

Tags:

Deixe um comentário